TV NEWS TOPO

Presidente da Câmara de Caxias na mira da Policia Federal

Por Roberto Rezende em 10/07/2021 às 19:17:36

Vereador Teodulo Aragão

A OperaĆ§Ć£o HesĆ­odo da Policia Federal que foi deflagrada no mĆŖs passado, que hoje completa um mĆŖs, estremeceu o clĆ£ politico de Caxias.

A investigaĆ§Ć£o fazia parte do desdobramento de um inquérito policial instaurado inicialmente para investigar grupos criminosos com envolvimento em roubos contra instituiƧƵes financeiras e a transportadoras de cargas no interior maranhense, originou outros crimes que continua sendo investigado pela Policia Federal.

Uma fonte de dentro da equipe que investiga as ramificaƧƵes da organizaĆ§Ć£o criminosa, confidenciou ao Portal MA365, que as ligaƧƵes de polĆ­ticos com os criminosos eram muito próximas, inclusive um dos presos teria manifestado interesse de delaĆ§Ć£o premiada, jĆ” repassou informaƧƵes que podem levar polĆ­ticos presos a qualquer momento.

O Presidente da CĆ¢mara Municipal Teodulo AragĆ£o é citado nas investigaƧƵes como um dos politicos que tinha laƧos estreito com os investigados até mesmo facilitado em processos de licitaƧƵes de uma das empresas dos investigados. Outro ponto da investigaĆ§Ć£o incurso é a relaĆ§Ć£o direta do presidente da CĆ¢mara Municipal, segundo as informaƧƵes obtida pelo Portal MA365, o presidente teria recebido ajuda financeira do grupo criminoso em troca de licitaƧƵes e empregos na prefeitura. Inclusive teria recebido 200 mil reais de um dos investicadoa que nĆ£o foi preso nessa operaĆ§Ć£o, mais jĆ” foi preso pela Policia Federal em outra operaĆ§Ć£o, a forma de pagamento dos 200 mil reais era empregos fantasmas na prefeitura no valor de 1.100,00 à 2.500,00 reais.

O envolvimento do 'Gordin" como aparece nas interceptaƧƵes telefônicas feita pela Policia Federal, com autorizaĆ§Ć£o da justiƧa, ele era quem fazia a ponte do presidente da CĆ¢mara com os criminosos. Servidores da prefeitura e de bancos da cidade também sĆ£o investigados.

Na diligĆŖncia no dia 10/06/2021 na casa de um dos presos, a esposa reclamava para o presidente da CĆ¢mara da relaĆ§Ć£o de seu esposo com os ciganos.


O informante disse que o foco era o grupo criminoso que tinha relaĆ§Ć£o com o trafico de drogas, mas chegou um determinado momento que nas investigaƧƵes que o envolvimento de polĆ­ticos era muito grande, foi preciso criar uma outra equipe para investigar as relaƧƵes dos envolvimentos, as investigaƧƵes que jĆ” estĆ£o muito avanƧadas, os investigadores jĆ” tem elementos que comprova o envolvimento de muitos polĆ­ticos de Caxias.



Fonte: Portal MA365

Comunicar erro
Planejar

ComentƔrios

Planejar